Seja bem vindo ao Universo da Aposta

Home » ArtigosEstratégias de apostaNOVIDADESO que que a de novo » Linha de fecho nas apostas

ArtigosEstratégias de apostaNOVIDADESO que que a de novo

Linha de fecho nas apostas

Apostar é muito mais do que analisar um jogo e investir dinheiro nele. Existem tantos estudos em cima deles, que muitas vezes, uma simples aposta se torna um estudo grande. Análises de odds, das competições, modalidades diferentes de apostas, cash out’s e entre tantas aparecem em uma simples aposta. Agora, nesse artigo, vamos apresentar a linha de fecho das apostas.

Resumidamente, linha de fecho é uma forma de se analisar o quão certeiro o apostador foi numa determinada aposta. Essa análise é baseada nas odds, comparando em dois momentos distintos. Porém, os resultados dados por elas, mostram muito mais do que um simples acerto e análise. Confira mais no nosso artigo.

Linha de fecho nas apostas

A relação entre valor esperado e a linha de fecho nas apostas

Como falamos acima, a linha de fecho nas apostas, é uma análise feita em dois momentos, usando as odds como base. De forma simples, um usuário, quando está estudando uma aposta, ele consegue encontrar uma aposta que está com uma odd interessante, antes de começar a partida. Se essa aposta tem o seu valor diminuído no início do jogo, significa que o apostador teve uma leitura correta.

Claro que ainda podem existir algumas reviravoltas, mudando a sua odd no decorrer do jogo. Porém, os estudos ainda valem, pois demonstram uma leitura forte e um estudo aprofundado. Para ajudar o entendimento, vamos exemplificar:

Antes de se começar um jogo de futebol, a odd de ‘Total de gols’ está com uma odd de 1,95. Nos seus estudos, aquela odd deveria ser menor, pois são equipes goleadoras. Então, o apostador aproveita e investe naquela aposta. Na linha de fecho, que é quando o jogo começa e o mercado fecha, a odd diminui, mostrando que aquela aposta, de fato, pode ser favorável.

Essa leitura é muito importante, não só para mostrar um conhecimento, mas uma prova do conhecimento do apostador. Encontrar boas linhas de fecho nas apostas é o caminho certo para se tornar um apostador mais lucrativo. Além disso, isso acaba abrindo novas oportunidades, como o conhecimento de novas estratégias e análises.

Um bom apostador não é tido apenas pelos resultados obtidos em apostas, mas sim na leitura e análise, mesmo não conseguindo uma aposta positiva. Saber fazer leituras boas e certeiras, acaba provando que o nível profissional está cada vez mais perto. Contudo, você conhece quais são os erros comuns dos apostadores e como evitá-los?

Erros de apostadores

Quando se pensa em se profissionalizar nas apostas, algo sempre vem em mente – em que eu não posso errar? Erros por conta de análises podem acontecer, principalmente quando se trata de uma competição. Nem sempre o time favorito vai acabar saindo vitorioso. Contudo, existem erros que acabam influenciando as apostas, drasticamente.

Não saber os seus limites, agir com emoção desnecessária, não diversificar, apostar levianamente e entre tantas outras, são erros bem notáveis. Entender eles é importante para o crescimento profissional, assim como conhecer a linha de fecho das apostas.

Diversificando as apostas

É melhor apostar em uma ação que possa trazer muito resultado ou  diversificar?" - Época Negócios | Seu Planejamento Financeiro

Um dos grandes diferenciais das plataformas de apostas é oferecer uma infinidade de possibilidades de apostas. São uma imensidão de esportes disponíveis, além de jogos acontecendo a todo momento. Por abrangerem o mundo, muitas modalidades podem parecer estranhas para o público brasileiro, como hóquei no gelo, críquete, corrida de cavalos e por aí vai.

Então, aproveitar essa imensidão é algo muito importante. Sim, de fato ser especialista em um assunto é crucial para entender tudo sobre ele. Porém, isso se aplica, quase que exclusivamente, para especialistas. Se a sua ideia é lucrar e ter uma banca grande, não é necessário ser o melhor em um determinado esporte.

Conhecer as regras, competições, equipes e detalhes é extremamente importante, mas não é necessário ter um conhecimento absurdo. Alguns jogos, no Brasil, são mais comuns, como o futebol, vôlei e basquete. Então, são esportes mais fáceis de compreender e apenas precisa estudar um pouco sobre as competições e as equipes.

Tendo tal conhecimento, é fácil começar a migrar, aprendendo novas coisas. Futebol americano, esportes eletrônicos, lutas, corridas são pequenas amostras do universo para ser explorado. Quanto mais vasto é o seu conhecimento, melhor para você, pois existem certas épocas do ano, que são fracas de competições. Então, com isso, o apostador não será impactado.

Além disso, algumas plataformas acabam oferecendo promoções para apostas em determinados esportes. Sejam múltiplas ou até alguma odd especial, devido algum evento. Então, é interessante saber um pouco sobre tudo e, a medida do tempo, ir se especializando.

Com esse trabalho, o conhecimento vai ficar acumulado e crescendo, proporcionalmente. Dessa forma, as possibilidades de abranger o seu leque de opções, vai ficar amplo o suficiente, para sempre ter opções de apostas.

Emoção e razão

Razão x Emoção | Terapia | Psicólogo em São Paulo

Apostas mexem com lados bem fortes no ser humano. Grande parte de nós, é torcedor de algum time, jogador ou seleção. É bem complicado separar os dois lados e, querendo ou não, o lado emocional é fortíssimo. Quando algo que torcemos está em jogo, é bem complicado agir racionalmente e fazer apostas conscientes. Inclusive, existem várias histórias de apostadores que, ao ver a sua equipe jogando, fez o famoso ‘all-in’ (apostar toda a sua banca) e perdeu todo o seu dinheiro.

Por mais que sejamos torcedores, algo deve ficar na mente – as apostas não tem torcida. Apenas um lado é o vencedor, não importa quem vença e o importante é estar nesse lado. Entender os universos e agir racionalmente é crucial para uma boa vida no mundo das apostas.

Claro que podemos dar uma emocionada e fazer aquela ‘fezinha’ no nosso time. Porém, tudo deve ser analisado e feito de modo que não estrague a estrutura montada da banca. Uma das táticas usadas, é separar a sua banca em pequenos módulos de apostas.

Por exemplo, um apostador tem numa plataforma qualquer R$50,00 reais, ele pode fazer 10 pequenos montantes, de R$5,00 reais. Com cada montante, ele investe num tipo de aposta ou jogo. Esses valores divididos são importantes, para que o apostador tenha um limite, evitando grandes perdas.

Agir racionalmente, mesmo vendo o seu time do coração jogar, é o que separa os profissionais, dos amadores. A torcida está no coração, mas o resultado está na mente (e no bolso). Saiba separar e o crescimento começará surgir aos poucos, mesmo que não seja na forma de lucro. 

Conhecendo os seus limites

Toda relação precisa de limite. Você consegue impor o seu?

Quando começamos a apostar, tudo parece muito simples e podemos agir de forma precipitada. Existem perfis de apostador, que podem variar de acordo com os objetivos. Então, é de crucial importância saber quais são os planos e como segui-los. Ao montar a sua banca, alguns detalhes precisam ser analisados.

Primeiramente, qual é o tamanho da sua banca? Saber o seu limite é importante para identificar quais estratégias devem ser tomadas. Se a sua banca é pequena, não vale a pena arriscar em odds altos, mas com um risco elevado. Então, é muito melhor ir aumentando a banca com odds menores, que vão resultar em lucros baixos, mas que, aos poucos, vão gerar uma renda bem grande.

Dessa forma, o apostador sempre terá na sua banca um valor maior ou perto do que ele investiu inicialmente. Com isso, ele poderá pensar em novas táticas e pensar em se arriscar um pouco. Porém, caso o estilo do apostador seja outro, existem alguns detalhes interessantes a serem estudados.

Com uma banca um pouco maior, o mais interessante é separar o seu valor em pequenas partes. Não é necessário ser partes iguais, pois a sua função é um pouco diferente. As apostas possuem relações de risco e lucro diferentes. Quanto maior o valor da odd, maior será o lucro, caso acerte, e, por sua vez, maior o risco.

Tendo isso em vista, é importante saber dividir a sua banca, para diversificar as apostas e tentar rentabilizar ainda mais. Manter numa única modalidade é interessante, mas isso não fornece nenhum crescimento aparente. Por isso que citamos como um dos erros mais comuns entre os apostadores.

Linha de fecho de apostas e odds

A linha de fecho trabalha fortemente com as odds, até porque a linha é baseada na forma da qual as odds trabalham. Os odds possuem detalhes, que trazem uma comunicação gigantesca aos apostadores. Um dos exemplos mais marcantes, é a relação entre as odds e os riscos de apostar.

Existe uma forma de analisar o lucro, em relação ao risco que será tomado. Se uma odd está bem alta, ela tem menores chances de acontecer, e, por sua vez, um maior risco. Então, em cima dessa relação, cada apostador monta a sua carteira mista de aposta.

Dependendo do seu perfil, banca e jogo, esses riscos podem ser tomados. Altos riscos sempre podem trazer excelentes recompensas. Apenas depende de como eles vão ser tomados. Exagerar ou ir no ‘all-in’, pode resultar numa quebra de banca absurda. Então, fazer aqueles palpites pequenos, mas que podem multiplicar, grandemente, os valores investidos, sempre é algo interessante a se pensar.

Lembrando que, determinadas odds, por serem de outras modalidades, elas possuem um valor mais alto. Exatamente por conta do risco tomado, seus valores devem ser proporcionais, ignorando o fator probabilidade. Então, ao ver uma odd alta numa aposta de escanteios, isso não quer significar que ela tem poucas chances de acontecer.

A sua probabilidade não vai ser alta, mas é o seu risco que acaba influenciando, majoritariamente. Até porque nesses mercados é complicado quantificar estatisticamente os valores. Toda sua análise é baseada no risco a ser tomado e se ele vale a pena. Alguns jogos costumam seguir um padrão, tendo um número médio de acontecimentos. Então os estudos acabam seguindo tal linha.

Para complementar, ainda tem uma análise de probabilidade, que acaba mostrando um estudo ainda mais profundo. Confira!

Probabilidade nas apostas

Probabilidade. Probabilidade: Conceito e cálculo - Brasil Escola

A probabilidade é um termo matemático usado em diversas ocasiões. Seu princípio é bem tranquilo, mas possui estudos extremamente complexos e aprofundados, mas se tranquilize, nas apostas o sistema é extremamente simples.

Imagine o seguinte: você quer saber a probabilidade de tirar uma determinada carta de um baralho. Por ser uma carta específica, somente ela importa. Se um baralho possui 52 cartas, as chances são de 1 em 52, ou 1:52. Ainda é possível transformar isso numa porcentagem, basta fazer a divisão e multiplicar por 100. Nesse caso, a probabilidade desse evento acontecer, seria de 1,92%.

Com esse conceito explicado, fica mais simples abordar como funciona essa probabilidade no mercado de apostas. Cada odd tem uma chance de acontecer, ou seja, dentro de cada odd a probabilidade vai mostrar se aquela aposta tem mais chances ou não de se concretizar.

Se você é aquele tipo de pessoa que gosta de calcular, temos a fórmula perfeita para você. Assim como a probabilidade funciona numa base mais intuitiva, sua montagem é toda baseada na matemática. Então, existe uma fórmula de cálculo e que é bem simples. Basta você dividir 100 pelo valor da odd. Dessa forma, você já vai encontrar o valor na porcentagem.

E como isso influencia a linha de fecho nas apostas? Se a odd inicial é de um valor alto, significa que a probabilidade dela acontecer é baixa. Portanto, ao se fazer uma leitura correta, como falamos mais cedo, a probabilidade de acontecer fica mais alta e a odd diminui.

Isso acaba mostrando uma outra forma de análise. Como podemos fazer? Basicamente, é pegar uma probabilidade mais baixa e conseguir convertê-la, baseado em análises prévias.

Isso demonstra um domínio grande daquele mercado de apostas, que acaba requerendo um certo tempo de estudo.

COMPARTILHE