quinta-feira, 24 de junho de 2021

Não se torne um viciado em apostas esportivas

Artigos

É possível apostar sem se viciar?

Uma das maiores inseguranças de quem está começando no universo das apostas esportivas é o medo de se tornar viciado e todas as consequências que isso pode acarretar.

Esse é um perigo que pode ser evitado e aqui vamos falar sobre isso – em como nossas atitudes e nosso mindset podem fazer toda a diferença no resultado final. Vamos conhecer algumas práticas e cuidados para aproveitar e divertir-se com as apostas esportivas da maneira mais saudável possível.. Veremos que nossas posturas nos ajudarão e muito, não só a apostar de maneira sustentável, como também a nos tornarmos apostadores esportivos mais lucrativos. 

A definição de vício é a falta de controle do indivíduo sobre si mesmo e sobre as suas ações, já que ele faz o possível e, muitas vezes, o impossível para saciar sua compulsão. Partindo dessa definição, podemos perceber que as emoções tomam conta da situação e é aí que mora o perigo. Tudo que iremos abordar aqui, será em torno  de trabalhar sua racionalidade e seu mindset,  que nada mais é do que o seu modelo mental, a sua configuração mental

Quando falamos de mindset estamos falando sobre as características da mente humana que irão definir os nossos pensamentos, comportamentos e atitudes. Esses padrões da mente podem ser trabalhados e desenvolvidos a nosso favor. 

No caso das apostas esportivas, é  fundamental. Só assim, teremos sucesso em nossos palpites e não haja perigo de nos tornarmos viciados. Afinal, fazer apostas esportivas tem que ser algo prazeroso e não ser causa de  sofrimento. Deixar a ansiedade e a empolgação trarão resultados desastrosos tanto para as apostas, como para a vida pessoal de todo o apostador que perde o controle sobre si.

Como não se tornar viciado em apostas esportivas

A chave está no que falamos acima: trabalhar nosso comportamento diante das apostas para, assim, dominarmos nossas emoções que são as principais causadoras dessas ações compulsivas e incontroláveis. Esse controle emocional modificará nossa postura não apenas com relação às apostas, mas diante de todas as situações em nossas vidas.

Soluções para prevenir o vício em apostas esportivas.

Conscientes de que muitas pessoas podem desenvolver este transtorno compulsivo em apostas esportivas, muitas casas de apostas on-line estão se preocupando em estarem preparadas para enfrentar essas questões. 

Estas plataformas se esforçam para ajudar e proteger os apostadores que manifestam tendências para esse transtorno. Muitas delas oferecem ferramentas para que o próprio usuário possa acompanhar e gerenciar o ritmo de suas apostas esportivas. 

O Responsible Gaming, traduzido como Jogo Responsável, é um conjunto de iniciativas de responsabilidade social de toda a indústria do jogo. Inclusive governos, os órgãos responsáveis pelo controle, os cassinos, plataformas de jogos e apostas on-line e fornecedores, buscando garantir a integridade e a legalidade de suas operações. Além de conscientizar sobre os prejuízos associados aos jogos, como é o caso do vício. 

Dicas para uma experiência de jogo saudável:

  • Jogar por diversão e como entretenimento;
  • Jogar com dinheiro que você pode perder. Nunca com dinheiro que já esteja comprometido para outros compromissos (aluguel, contas e outros);
  • Definir limite de depósito e garantir que nunca depositará mais do que pode suportar perder;
  • Nunca ir atrás de perdas. Se perdeu dinheiro, não jogar limites mais altos com a intenção de recuperar as perdas;
  • Não jogar quando estiver chateado, cansado ou deprimido. É difícil tomar boas decisões quando não se está bem;
  • Equilibrar as apostas esportivas com outras atividades. Encontrar outras formas de entretenimento para que a aposta não se torne o único passatempo;
  • Se perceber que está difícil de se controlar, sair por um tempo dos sites de apostas, até melhorar seu lado psicológico e obter o autocontrole.

Essas são algumas dicas para poder aproveitar com prazer as apostas esportivas sem perder o controle emocional e transformar o que seria uma diversão em algo patológico. 

Como os apostadores profissionais agem para não se viciar?

Os traders e apostadores profissionais são ótimas referências quando o assunto é não se tornar um viciado. Eles usam métodos para ter total controle sobre suas abordagens nas apostas esportivas. Suas ações são inversas aos dos viciados. Trabalham muito o mindset e as apostas racionais. A base do sucesso deles é exatamente o controle emocional.

Vejamos algumas regras básicas de todo bom apostador esportivo:

  • Ver de forma técnica: 

A fim de ter uma visão mais fria da real possibilidade que essa aposta vai lhe oferecer. Agindo assim, evitará que você invista numa probabilidade  muito distorcida, o que além de fazer você perder dinheiro, lhe será algo emocionalmente muito desgastante.

Em nenhum momento o lado psicológico pode entrar em contato com o lado técnico. O controle da ansiedade é fundamental. Isso quer dizer que para realizar boas apostas esportivas, é necessário não se envolver emocionalmente. E aqui vale tanto para as apostas, quanto em relação ao jogo em que se está apostando, mesmo que seja seu time favorito. 

  • Gestão de banca

Montar a própria banca, começando com um valor baixo e trabalhar com metodologias para que ela possa crescer progressivamente e de forma orgânica. Administrar sua banca é fundamental para qualquer apostador esportivo profissional. 

Leve isso bem a sério para você empregar em sua banca também. Buscar a melhor metodologia para gerir sua banca, escolher as melhores odds, as melhores apostas, necessita de uma visão racional e não emocional

Outra coisa, além de definir uma gestão de banca, é preciso ter disciplina para segui-la, mesmo em uma sequência de perdas ou até mesmo de ganhos. Lembre-se de agir com racionalidade.

  • Longo prazo 

Os maiores apostadores esportivos projetam seus lucros através das apostas de valor e das boas decisões que tomam visando o longo prazo. Com essa postura, que exige muita autodisciplina, mesmo quando você está num bom momento de ganhos nas apostas esportivas, você não excede nas apostas. 

Seguir a metodologia desenvolvida e as limitações auto-impostas. Saber a hora de parar não apenas quando está perdendo mas, também, quando se está ganhando, sabendo que a longo prazo sua banca irá aumentar e seus lucros serão garantidos se você perseverar em fazer boas escolhas. Para que isso aconteça, tem que saber o momento certo para parar e reavaliar, com racionalidade.

  • Metodologia

Montar sua própria metodologia e, com muitos estudos e análises, ir adequando-a, conforme a necessidade. Mesmo ganhando, seguir a metodologia predefinida. Para isso, novamente, é necessário desenvolver a disciplina.

Não tenha pressa em aumentar a sua banca. Aposte racionalmente as suas unidades, com odds e probabilidades que valham a pena. Sempre tenha em mente que, se você estipulou apostar tantas unidades, mesmo que lhe pareça tentador, cumpra suas próprias metas.

  • Não viver em função das apostas 

Buscar outras formas de recreação e convívio além delas. As apostas esportivas têm que ser vistas como um entretenimento e não como o foco de sua vida. Dar atenção a si mesmo é o mais importante. Sua família e seus amigos não têm porque serem negligenciados. Assim como o seu trabalho e estudos são compromissos que não podem ser adiados e descuidados.

  • Controle emocional

Ter controle sobre as emoções durante um jogo ao vivo. Ver a partida com a frieza necessária para tomadas de ações pontuais para suas apostas esportivas. Essa falta de controle emocional é a pior coisa que pode acontecer para um apostador profissional. 

Deixar-se cegar pelas comoções que esse desequilíbrio causa, derruba qualquer gestão de banca, qualquer metodologia. Vai por água abaixo todos os estudos e análises feitos anteriormente.

Às vezes não é fácil detectar o início de um comportamento viciante, especialmente no caso de apostas esportivas. Pode-se justificar o comportamento como sendo por excesso de trabalho ou dedicação. Esse ‘excesso’, pode configurar uma dependência.

A euforia que as apostas esportivas podem produzir, incentiva a continuar repetindo o comportamento até conseguir o que busca.

Compreendendo um pouco sobre esse transtorno

Sempre é bom conhecermos melhor sobre o que pode nos prejudicar. Saber um pouco mais sobre esse comportamento nos dará a clareza sobre qual caminho não seguir.

Apesar do preconceito da sociedade, a tendência ao vício não significa má índole ou fraqueza moral. É um transtorno psiquiátrico e não um desvio de caráter. Muitos acreditam que quem sofre de vícios são fracos e irresponsáveis. Mas, isso não depende de força ou fraqueza e nem de responsabilidade ou não.

Como esse transtorno pode se manifestar?

Esse vício pode ter diversas formas de se expressar e nem sempre fica claro quando alguém está com este problema:

  •  A dependência por apostas esportivas pode acontecer, quando uma pessoa sente que só pode resolver seus problemas financeiros, jogando o pouco que tem para tentar ganhar muito dinheiro.

Quase sempre, esse comportamento leva a um ciclo em que o apostador sente que deve recuperar suas perdas e não consegue parar. 

  • Outro aspecto do vício em apostas esportivas, é o da pessoa fazer apostas arriscadas. Com a intenção de experimentar a emoção associada com a tomada de decisão de altos riscos e as sensações das consequências destas. Principalmente a euforia de quando se experimenta a vitória. 

Em qualquer um destes dois casos, a pessoa afetada por este vício precisa desejar parar com esse comportamento. Não apenas pelas questões familiares e profissionais, mas por querer ter controle sobre suas compulsões.

Quais as causas do vício em apostas esportivas?

São muitas as causas que podem levar alguém ao vício em apostas esportivas:

  • O desejo de experimentar fortes emoções;
  • O status social de poder ser um apostador bem sucedido;
  • Querer ganhar dinheiro apostando de forma aleatória, apenas pelo rompante das emoções;
  • A atmosfera divertida do meio esportivo.

Muitos dos próprios apostadores que desenvolveram esse problema não reconhecem que têm esse transtorno com o jogo. É comum apresentarem autonegação, justificarem e até esconderem suas ações.  

Sintomas de vício em apostas esportivas

É sempre bom ficarmos atentos para não cairmos em armadilhas que nosso emocional pode nos colocar. O vício em apostas esportivas, muitas vezes apresenta os mesmos sinais de outros vícios mais conhecidos. 

Os sinais mais comuns dessa compulsão incluem:

  • Sentir a necessidade de esconder que está apostando;
  • Problemas em controlar os hábitos de jogo;
  • Apostar mesmo quando não se tenha dinheiro para investir;
  • Amigos e familiares se mostram preocupados com seus hábitos de jogo;
  • Sente que não pode e não consegue parar. De que precisa tentar “só mais uma vez”  ou sente uma ansiedade quando pensa em desistir;
  • Grande preocupação com o jogo. Pensamentos e emoções constantes a tudo que se relaciona com apostas;
  • Necessidade de aumentar os stakes e as apostas para se excitar com o jogo;
  • Apostar como válvula de escape para outros problemas. Seja por cansaço, sentir-se entediado e solitário. Sentimentos de tristeza por perda ou mudanças na vida pessoal, como divórcio, perda de emprego, aposentadoria ou morte de alguém próximo. 
  • Se envolver em atividades ilegais para financiar as apostas;
  • Ter problemas ou até mesmo perder relações, sejam elas familiares, amigos; 
  • Fica tempo demais envolvido em apostas esportivas e, mesmo não tendo perda excessiva financeira, negligencia a família, outros compromissos e o lazer.

Mindset e controle emocional: a bola da vez

Como pudemos ver claramente, as posturas que podem levar ao vício em apostas esportivas são totalmente opostas às práticas que deixamos aqui, usadas por apostadores experientes e, até mesmo, os profissionais. 

Reforçamos que tudo está relacionado ao controle emocional, ao desenvolvimento de sua mentalidade, o tão falado mindset. Quando se coloca como propósito principal essa postura firme e consciente, é muito improvável nos tornarmos viciados em apostas esportivas. E, como bônus, ainda aumentamos, e muito, o nosso desenvolvimento rumo a ser um apostador lucrativo a longo prazo.

Como vimos, as apostas esportivas têm toda uma estrutura que precisa ser estudada e conhecida e que, às vezes, algumas emoções arrebatadoras não nos deixam enxergar para que possamos desenvolver. Aliás, aprender a trabalhar a disciplina, a paciência e o controle emocional através das apostas esportivas é um ótimo começo para aplicar essas virtudes também em diversas outras áreas. 


Tags:

Compartilhar:

Pegue o seu bônus e comece agora!


BÔNUS DE 100%

Até R$600

GANHAR BÔNU$

BÔNUS DE 100%

Até R$300

GANHAR BÔNU$

BÔNUS DE 100%

Até R$200

GANHAR BÔNU$